domingo, 25 de julho de 2010

Melhor presente - o leitor

Hoje, DIA NACIONAL DO ESCRITOR, 
recebi este presente através de
ELIANE ROCHA, mãe de VINÍCIUS, 
um pequeno leitor de 2 anos: 


O despertar de um dia de domingo


Domingo. Dia preguiçoso...
Vontade de continuar no calor da cama.
Mas... eis que Vinícius acorda!
Bem cedo, como de costume.
Seu relógio biológico não tem discernimento dos dias das semana.
Pediu gogó.
Tomou todinho!, como ele mesmo fala.
Avistou despretensiosamente na sala alguns livros enfileirados, de acordo com os seus tamanhos, e falou:
  Quero ler!
Dentre os diversos livros, suas mãozinhas foram direto aonde?!
No livro laranja, A LAVRA, de sua autoria.
Ele me entregou já aberto na página 81, com o poema BANCO DE ESCOLA, pedindo: 
Leia, mamãe, pra mim!
Divertimo-nos bastante ao ler o ABC inteiro com prefácios biográficos de memoráveis autores associados a palavras com as iniciais do alfabeto, tais como A de Alceu Amoroso.
E de AMOR também, né, mamãe?...LMas o que me chamou atenção foi ao chegar na letra V. Antes de eu citar o verso, ele grita:
É o meu, é o meu! V de Vinícius. 
(Risos.)
É, Vinícius, mas este é também de Vinícius de Moraes.
Acabei viajando em todos os seus poemas e fazendo de um domingo de "preguiça adiada" um DOMINGO BEM LETRADO.

Parabéns, Aglacy!

Foto: Provavelmente feita por Ricardo Gama, pai de Vinícius.

Você pode experimentar Entardecer.

5 comentários:

  1. Noooooossa! Que lindo! Não poderia haver presente melhor...

    ResponderExcluir
  2. Aglacy,
    Vinícius não é só um pequeno leitor é um leitor de bom gosto que tem o privilégio de ter a autora diariamente ao seu lado. Quer estimulo maior!!!!
    Eliane

    ResponderExcluir
  3. Aglacy

    Bom saber que existem estes pequenos leitores, bom saber que a inspiração, inspira mais alguém.

    Que tal publicar Banco de Escola neste espaço, fiquei curioso.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  4. Educadora, comunicadora, escritora, contadora de contos... Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Muito grata a vocês por palavras tão gentis.

    ResponderExcluir

Diga, então...