terça-feira, 1 de julho de 2014

Do endemismo que há em mim

Foto: Heyder Vasconcelos Aragão

Algumas espécies de gente
que habitam o mundo
também me habitam.

Mas esta,
bem assim como vês,
é nada cosmopolita;
só acontece cá dentro,
nesta região de mim.

Eriocaulacea que insiste.
Sempre-viva
em chapada de diamante. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diga, então...