segunda-feira, 3 de março de 2014

Silêncio



Às vezes
não escrevo nem falo.
Fico de castigo.

2 comentários:

  1. Síntese da ´síntese que diz tudo. FANTÁSTICO.
    Muitas e muitas veses sinto-me e fico assim: de castigo.
    Mas com um verso desse não posso e nem devo ficar de castigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Às vezes é mesmo necessário.

      Excluir

Diga, então...