domingo, 24 de março de 2013

Coisa antiga

Para Nena, a imagem e o poema

quando o poema novo
quer contar coisa já dita,
a palavra vem assim,
de forma dificultosa.

já esculpida uma vez,
primeiro é esta procura
que não sabe onde achar
imagem mais caprichosa.

o bom mesmo é não largar
a intenção do começo
e deixar de lado o risco
de palavra aparatosa

meu poema quer somente
deixar ver o amor que corre,
maior que o amor de ontem,
em veia tão caudalosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diga, então...